BLOG
modelo de franquia

Modelo de franquia: qual o certo para você?

Se você está pensando em iniciar um novo empreendimento, o modelo de franquia pode ser uma opção atrativa e segura. Caso você não saiba o que é franquia, o modelo de franquia é um método de expansão de negócios no qual uma empresa, chamada de franqueadora, concede a um indivíduo ou empresa, chamado de franqueado, o direito de usar sua marca, sistema e suporte em troca de taxas e royalties.

Em um modelo de franquia, o franqueador fornece ao franqueado todo o suporte necessário para operar o negócio de acordo com os padrões da marca. Isso inclui treinamento, suporte operacional, marketing e, às vezes, até mesmo assistência na localização e construção do local do negócio.

História do modelo de franquia

Agora que você entendeu o conceito de franchising, é o momento de explorar suas origens. Não se engane pensando que as franquias são uma inovação recente no mundo dos negócios; na verdade, têm uma história profunda e antiga.

O modelo de franchising, tal como o conhecemos hoje, teve suas raízes por volta do século XIX, com o fundador da Singer Sewing Machines Company. Por volta de 1850, esse visionário empresário, buscando expandir suas vendas, começou a conceder licenças para o uso de sua marca. Isso permitiu que comerciantes vendessem as máquinas da empresa, juntamente com seus produtos, em diversas localidades dos Estados Unidos.

Esse conceito foi mais tarde adotado por outras grandes empresas como a General Motors, a Coca-Cola, o McDonald’s e muitas outras que hoje são multinacionais. No entanto, as raízes do franchising remontam ainda à Idade Média, com práticas semelhantes adotadas por monarcas e membros da Igreja Católica.

Principais Tipos de Franquias

Existem vários tipos de franquias, cada uma com suas próprias características e benefícios. Vamos explorar cada um dos modelos de franquia para que você descubra qual a melhor opção para você:

Franquia individual

No modelo de franquia individual, o franqueado inicia um novo negócio em um local acordado com a franqueadora, geralmente, isso significa que o ponto comercial já existia e possuía uma certa reputação ou histórico, mas não é uma regra. O franqueado adquire os direitos de uso da marca e do modelo de negócio para continuar operando nesse local, seguindo as diretrizes estabelecidas pela franqueadora.

Franquia de Conversão

Na franquia de conversão, o negócio do franqueado é absorvido pela franquia e continua operando no mesmo local. Isso geralmente acontece quando um negócio independente decide se tornar parte de uma rede de franquias. O franqueado transfere sua operação para a franquia, mantendo o local e os clientes existentes, mas agora operando sob a marca e o modelo de negócio da franqueadora.

Franquia Combinada

Na franquia combinada, o franqueado opera várias franquias complementares em um mesmo local. Isso significa que em um único ponto comercial, o franqueado pode oferecer diferentes produtos ou serviços de marcas diferentes, mas complementares. Por exemplo, um franqueado pode ter uma franquia de café e uma franquia de sorveteria no mesmo espaço, oferecendo uma variedade de opções aos clientes.

Franquia Unitária

Na franquia unitária, o franqueado pode abrir uma única unidade franqueada em um local determinado. Isso significa que o franqueado tem direitos exclusivos sobre aquela área específica e não pode abrir unidades adicionais sem a permissão da franqueadora. Geralmente, isso é usado para garantir que cada unidade tenha uma área de mercado suficiente para ser lucrativa.

Franquia Múltipla

Na franquia múltipla, o franqueado pode operar várias unidades franqueadas em uma mesma região. Isso permite ao franqueado expandir seus negócios para além de uma única unidade, aproveitando as economias de escala e os benefícios de operar em várias localidades próximas umas das outras. Um exemplo de franquia que atua dessa forma é a Loja do Cruzeiro, que prioriza o estado de Minas Gerais, mas permite que os franqueados operem mais de uma unidade em determinadas regiões.

Microfranquias

As microfranquias são modelos de negócio que oferecem baixo investimento inicial e, geralmente, operam com custos operacionais reduzidos. Essas franquias são uma excelente opção para empreendedores com recursos limitados que desejam entrar no mundo dos negócios. Podem incluir serviços como limpeza, como a Maria Brasileira, educação, como a CNA, manutenção, consultoria, finanças, como a Monedd e entre outros.

modelo de franquia

Franquia Home Based

As franquias home based permitem que o franqueado opere o negócio a partir de sua própria casa. Isso proporciona flexibilidade de horários e reduz os custos associados a um espaço físico comercial. Essas franquias são ideais para empreendedores que desejam equilibrar trabalho e vida pessoal ou que têm restrições de mobilidade.

Desenvolvimento de Área

Na franquia de desenvolvimento de área, o franqueado adquire os direitos para desenvolver e expandir a marca em uma determinada região geográfica. Em vez de operar unidades individuais, o franqueado é responsável por atrair e apoiar outros franqueados dentro da área designada. Isso pode envolver a identificação de locais adequados, recrutamento de franqueados e fornecimento de suporte operacional.

Master Franquia

A master franquia é semelhante ao desenvolvimento de área, mas em uma escala maior. O franqueado master adquire os direitos exclusivos para desenvolver e operar a franquia em uma região geográfica mais ampla, como um país ou uma grande área metropolitana. O franqueado master atua como um intermediário entre a franqueadora e os franqueados individuais dentro da região, fornecendo suporte localizado e ajudando na expansão da marca.

Franquia Shop in Shop

Na franquia shop in shop, o franqueado instala uma franquia dentro de outro ponto comercial já existente, como um quiosque de cosméticos dentro de um salão de beleza. Isso permite ao franqueado aproveitar o tráfego e fluxo de pessoas do estabelecimento principal e expandir sua presença de forma mais econômica.

Franquia de Distribuição

Na franquia de distribuição, o franqueado não paga royalties, mas é remunerado pelos produtos ou serviços que distribui. Em vez de pagar uma porcentagem dos lucros à franqueadora, o franqueado lucra com a venda dos produtos ou serviços da franquia. Isso pode ser vantajoso para franquias que dependem principalmente da venda de produtos físicos.

E quando falamos em modelo de franquia, também podemos classificá-las a partir da remuneração que é paga para a franqueadora:

  • Franquia Pura: na franquia pura, o franqueado paga taxas de franquia e royalties sobre a rentabilidade do negócio. Isso significa que além de uma taxa inicial de entrada, o franqueado paga uma porcentagem dos lucros à franqueadora como compensação pelo uso da marca e do modelo de negócio;
  • Franquia Mista: na franquia mista, além das taxas padrão, o franqueado também compra produtos ou serviços diretamente do franqueador. Isso pode incluir a compra de mercadorias para revenda ou a contratação de serviços adicionais oferecidos pela franqueadora, além das taxas usuais de franquia e royalties.

Segmentos de franquia existentes

Atualmente, uma vasta gama de franquias opera em diversos setores e formatos. Apenas no Brasil, segundo dados da Associação Brasileira de Franchising (ABF), há mais de 195 mil franquias em funcionamento. Diante desse cenário diversificado, é evidente que não existe uma abordagem única para o franchising, dada a grande variedade de empresas envolvidas.

As franquias englobam uma ampla gama de setores, incluindo alimentação, beleza, construção, turismo, educação, saúde, serviços de entrega, tecnologia, cafeterias, pet shops, chocolaterias, moda, calçados, hotelaria, farmácias, arquitetura, entre outros.

De acordo com um estudo da ABF, mais de 3 mil marcas adotam o modelo de franquia no Brasil. Você provavelmente já se deparou com algumas delas em diferentes shoppings e centros comerciais, não apenas dentro da mesma região ou cidade, mas também em diversos estados e até mesmo em outros países. O modelo de franquia representa uma opção de negócio dinâmica, versátil e acessível para uma ampla gama de empreendedores.

Atualmente, a ABF categoriza as franquias em 11 segmentos distintos, com base nos serviços oferecidos e nos produtos disponibilizados. Por exemplo, o McDonald’s é classificado como uma franquia de alimentação, enquanto O Boticário é considerado uma franquia de saúde, beleza e bem-estar.

Aqui estão os segmentos de franquias conforme definidos pela Associação Brasileira de Franchising:

  • Alimentação;
  • Saúde, beleza e bem-estar;
  • Casa e construção;
  • Entretenimento e lazer;
  • Comunicação, informática e eletrônicos;
  • Hotelaria e turismo;
  • Moda;
  • Limpeza e conservação;
  • Serviços automotivos;
  • Serviços educacionais;
  • Serviços e outros negócios.

Vantagens de investir no Modelo de Franquia

Agora que você já conhece os principais tipos de franquias, deve saber que investir em uma franquia oferece uma série de vantagens que podem impulsionar o sucesso de novos empreendedores:

  1. Marca reconhecida: ao optar por uma franquia, o franqueado inicia seu empreendimento com uma marca já consolidada e reconhecida no mercado. Isso proporciona credibilidade desde o primeiro dia de operação, facilitando a atração de clientes e parceiros comerciais;
  2. Modelo de negócio testado: o franqueado recebe um modelo de negócio que foi testado e comprovado pela franqueadora. Isso significa que ele não precisa se preocupar em desenvolver estratégias do zero; em vez disso, pode confiar em um plano que já se mostrou eficaz em outras unidades da franquia;
  3. Suporte operacional e estratégico: uma das grandes vantagens de investir em uma franquia é o suporte contínuo oferecido pela franqueadora. Isso inclui treinamento inicial, apoio operacional, assistência em marketing e acesso a recursos que podem ajudar o franqueado a enfrentar desafios e alcançar o sucesso mais rapidamente;
  4. Redução de riscos: comparado a iniciar um negócio do zero, o modelo de franquia oferece uma abordagem mais segura. As taxas de mortalidade de franquias são significativamente mais baixas do que as de novos empreendimentos independentes. Isso se deve à estrutura já estabelecida, ao suporte da franqueadora e à experiência acumulada ao longo do tempo.

O modelo de franquia oferece uma oportunidade única para empreendedores que desejam iniciar um negócio com menor risco e maior suporte. Com uma variedade de tipos de franquias disponíveis, há algo para atender a todos os interesses e orçamentos.

Se você está pronto para embarcar na jornada do empreendedorismo, considere investir em uma franquia e aproveite os benefícios de fazer parte de uma marca estabelecida e em crescimento. Aproveite também para falar com um dos especialistas da Goakira Invest para descobrir a melhor opção para o seu perfil investidor:

modelo de franquia

E se você gosta de conteúdos sobre franquias, investimentos e empreendedorismo, continue nos acompanhando nas redes sociais: Instagram e LinkedIn.