BLOG

Franquia McDonald’s: conheça a maior rede de franchising

Saiba tudo sobre a franquia McDonald’s, maior rede de franquias do mundo!

Ao pensar em franquia, é inevitável – sempre pensamos primeiro na franquia McDonald’s. Talvez porque ela seja a primeira marca a vermos em todos os lugares, ou a descobrir que se trata de uma franquia. Mas é claro que esse pensamento vem por causa da grandeza da marca. Hoje ela está presente em mais de 20 países, sendo a maior rede de alimentação rápida da América Latina, com 2200 restaurantes nessa parte do continente.

Com várias opções de franquias, como restaurante de rua, drive-thru, loja de shopping, quiosques, cafés e desert centers (centros de sobremesa), a franquia McDonald’s é uma das marcas mais conhecidas do mundo. A multinacional americana tem hoje, no Brasil, 3105 unidades, incluindo todos os tipos de franquias. Com isso, são mais de 50 mil empregos gerados diretamente, movimentando e circulando a economia do país.

E não para por aí. A franquia McDonald’s é também a maior rede de fast-food em faturamento do mundo, e a segunda maior em relação ao número de unidades. No quarto semestre de 2022, a gigante do mercado de alimentação rápida divulgou seu balanço anual, que constatou uma superação de expectativas de lucro. O McDonald’s obteve lucro de US$ 1,90 bilhão, o que foi 16% maior que o mesmo período do ano anterior.

Se você quer se tornar um franqueado McDonald’s, ou apenas conhecer mais a marca, preparamos este post para você, com tudo que precisa saber sobre o caminho de sucesso da gigante do fast-food. Venha conosco, e boa leitura!

Franquia McDonald's

Outros posts que você pode gostar:

História da franquia McDonald’s

Tudo começou em 1937, na cidade de Arcadia, na Califórnia (EUA). Os irmãos Maurice e Richard McDonald’s decidiram abrir uma loja de cachorros quentes numa barraca chamada Airdome. Depois de um tempo, em 1938, eles se mudaram de local e se instalaram na Rota 66, também na Califórnia.

Nessa época, o sistema de venda de hambúrgueres nos Estados Unidos era um pouco disfuncional, com clientes esperando nos carros, atendentes andando de patins e pedidos que demoravam muito para ficar prontos e vinham com erros. 

Então, os irmãos McDonald’s perceberam que havia três itens que mais eram pedidos no cardápio: hambúrgueres, batata frita e milk-shakes. Com essa constatação, eles fecharam a loja por um tempo, se reinventaram, e então decidiram reabrir o negócio oferecendo somente os três produtos, numa linha de produção que garantisse que a entrega fosse rápida e que os pedidos fossem sempre feitos da mesma maneira.

A pouca variedade de itens permitia que os pedidos fossem feitos e entregues rapidamente, e que fossem entregues com qualidade para o cliente. Tudo isso fez com que a marca se tornasse muito competitiva, pois oferecia algo que não estava disponível em nenhum outro lugar até então. À época, funcionava o sistema de Drive-thru, mas com a mudança os clientes podiam simplesmente esperar o pedido no balcão.

Apesar do sucesso que o restaurante fazia, eles não conseguiam expandir além disso. Foi aí que um empresário de uma marca de máquinas de milk-shakes, Ray Kroc, percebeu um curioso número alto de pedidos para um só lugar. Então, ele teve a curiosidade de ir até o local e visitar o restaurante, e percebeu o potencial que o McDonald’s tinha.

Kroc propôs uma sociedade aos irmãos McDonald’s, que aceitaram. A partir daí, Kroc passou a ser um franqueado, e também a participar do gerenciamento da marca. Ele começou a expandir o McDonald’s como franquia. Então, em 1961, Kroc compra a franquia McDonald’s dos irmãos por 2,7 milhões de dólares, e continua a tocar o grande sucesso internacional.

A primeira unidade da franquia McDonald’s inaugurada fora do país foi no Canadá, em 1967, mesmo ano em que surgiu o famosíssimo Big Mac. Em 1963 surgiu o palhaço Ronald McDonald’s, símbolo da marca por anos.

Como funciona o sistema de franquia

O franchising é um modelo de negócio em que uma marca se expande por meio da abertura de novas unidades pertencentes a outras pessoas, os franqueados. Esse sistema permite que a empresa venda o direito de uso da sua patente para outras unidades, que são filiais de uma mesma marca, mas de donos diferentes.

No franchising, as filiais pagam taxas para a franqueadora, que é a empresa original. No início do contrato, é pago um montante que representa a taxa de franquia mais os custos de instalação. Depois, são pagos mensalmente royalties (e possivelmente outras taxas, como a de propaganda) para a matriz.

O franchising tem vários benefícios, como uma expansão mais rápida e barata para a matriz, e a possibilidade para o novo franqueado de pegar um negócio já estruturado e bem pensado. Além disso, as chances de falência são muito menores do que para uma empresa comum, devido à rede de apoio entre os empreendedores.

No entanto, há algumas dificuldades no franchising, como a falta de liberdade para inovar e personalizar o negócio, já que é preciso seguir um modelo pré-estabelecido. Além disso, o franqueado pode não participar das principais decisões da empresa, como da publicidade.

Franquia McDonald’s no Brasil

Com o sucesso da franquia McDonald’s, não demorou muito para que ela chegasse no Brasil. Foi em 1979 que a instalação da primeira unidade aconteceu. O Rio de Janeiro foi a cidade escolhida para acolher o primeiro restaurante brasileiro da marca, e ele foi implementado no bairro de alta classe de Copacabana.

Dois anos depois, foi implantada a primeira unidade da franquia McDonald’s em São Paulo, na Avenida Paulista. Atualmente você pode visitar diversas unidades da franquia McDonald’s na Av. Paulista, inclusive a milésima unidade da operação aqui no Brasil, o Méqui 1000, no nº 1811.

No Brasil, a franquia McDonald’s investiu bilhões para que a rede se tornasse o que é hoje. São mais de 3 mil unidades, 2 mil restaurantes, que recebem 2 milhões de clientes por dia. Para dar conta da demanda, a rede de fast-food conta com a colaboração de mais de 50 mil funcionários brasileiros.

Segmento de franquia de alimentação no Brasil

Há tempos que o setor de franquias de alimentação está em ascensão no Brasil, sendo o maior destaque do franchising nacional, com a presença de marcas mundialmente conhecidas como a franquia McDonald’s, Burger King, Subway, Habib’s, Bob’s, KFC, Cacau Show, entre outras. Das várias áreas do franchising, a de franquias de alimentação é a que mais contribui para o faturamento, empregabilidade e movimentação financeira do país, além de possuir o maior número de franquias.

O franchising, que começou no Brasil em 1960 com a escola de idiomas CCAA, já se consolidou como uma opção mais segura para investimentos em negócios, especialmente em comparação aos negócios convencionais. Uma franquia tem apenas 15% de chance de encerrar suas atividades nos primeiros cinco anos de existência, enquanto um negócio não franqueado tem uma probabilidade de 80% de fechamento. Além disso, o franchising está em constante expansão no Brasil, colaborando significativamente para a economia do país.

Dentre as diversas áreas do franchising, as franquias de alimentação são as mais fortes, representando quase 30% das franquias presentes no Brasil, de acordo com a Associação Brasileira de Franchising (ABF). Somente no último ano, o setor de alimentação faturou 43 bilhões de reais, o que é bastante significativo, uma vez que o setor de franchising como um todo faturou 185 bilhões de reais.

É importante destacar que a cultura de comer fora de casa é bastante presente no Brasil, e com a vida cada vez mais agitada, isso tem se tornado ainda mais comum. Segundo o IBGE, um terço dos gastos mensais com alimentação de um brasileiro é destinado a refeições fora de casa, o que reforça ainda mais a importância das franquias de alimentação para a economia brasileira.

Com a pandemia, outra tendência tem se destacado no Brasil: as franquias de alimentação foodservice, que entregam comida em casa. De acordo com o último relatório da ABF franchising do segundo trimestre de 2022, o foodservice se sobressaiu mais do que as franquias de alimentação tradicionais, tanto em faturamento quanto em crescimento. Esse aumento também pode ser visto no fato de que durante a pandemia, os gastos com entrega de comida em casa dos brasileiros aumentaram em 94%.

Receita do sucesso da Franquia McDonald’s

A franquia McDonald’s tem vários diferenciais, e não é à toa que ela é uma multinacional de tanto sucesso. Se você é um empreendedor e fica se perguntando qual é a “receita de sucesso” da marca, saiba que é uma receita com muitos ingredientes, e vamos tentar explorar alguns aqui.

Para começar, a franquia McDonald’s tem três prioridades de crescimento muito bem definidas: otimização do menu, modernização da experiência do consumidor e ampliação de acessibilidade à marca. E você provavelmente já deve ter visto todos esses três pilares na prática dentro das lojas da franquia McDonald’s. Por exemplo, nos painéis em que você pode fazer seu pedido, na adaptação do cardápio a novas culturas, e nas rampas e banheiros acessíveis.

Para falar do sucesso da franquia McDonald’s, é preciso destacar que a franquia de alimentação já começou bem, pois teve uma sacada que resolvia bem em cheio um problema dos clientes da época. Mas não se preocupe se o seu estabelecimento não funciona assim. A franquia McDonald’s foi se adaptando ao longo do tempo pra ser um local que cada dia mais atendia às necessidades do mercado.

Além disso, uma outra grande sacada da franquia McDonald’s é investir pesado no Marketing. O símbolo da marca está em todos os lugares, e você pode ver somente a logomarca e já saberá do que se trata. O slogan, as cores e o modelo de comida se transformaram em desejos de todo o mundo, e isso não aconteceu naturalmente, mas sim pela propaganda maciça em que a franquia McDonald’s investe.

Outra grande sacada da franquia McDonald’s é a internacionalização. Existem muitas marcas que não levam sua expansão como prioridade, mas sim como uma ação a ser feita se já estiver tudo pronto e certo. Já a franquia McDonald’s investe pesado desde o início em se tornar uma franquia mundial, uma marca conhecida por todos no planeta.

Franquia McDonald's

Uma medida que pode ser observada nesse sentido é a adaptação da franquia McDonald’s a outras culturas, como a criação de hambúrgueres sem carne bovina na Índia, a venda de frango frito na China, e torta de feijão doce para sobremesa. Todas essas medidas são formas de tornar a marca ainda mais popular e querida por todos.

Não podemos nos esquecer, é claro, da superação que a franquia McDonald’s passou no início do século, por volta de 2003. Na época, a marca começou a ser ridicularizada, pois se parecia com um parque de diversos infantil, porque era cheia de brinquedos e era acompanhada pela figura do palhaço.

Porém, a franquia McDonald’s se sobressaiu da melhor forma possível: modernizou toda a marca. Hoje, ela passa uma ideia mais clean e de luxo. Sem contar que toda a estética da marca foi repensada para ser atrelada a ambientes mais elegantes e da alta sociedade.

Dessa forma, a franquia McDonald’s deixou de ser um símbolo de alimentação infantil e de pessoas de baixa renda, e passou a ser um objeto de desejo de todos. Todas as pessoas querem, pelo menos, experimentar o sabor de um Big Mac.

Como ser um franqueado McDonald’s?

Se você quer se tornar um franqueado McDonald’s, é preciso saber que o investimento é elevado, dado a credibilidade da marca e ao lucro possível de ser retornado. Além disso, a rede é criteriosa na seleção de seus franqueados, e existe um perfil ideal buscado pela marca.

A franquia McDonald’s faz parte da empresa Arcos Dourados. Na América Latina, a holding Arcos Dourados fica no Uruguai, e ela é que é responsável por gerenciar os restaurantes, selecionar os novos franqueados e oferecer os devidos treinamentos e suportes da marca na América Latina e no Caribe.

Assim, ao ter certeza de que a franquia McDonald’s é a melhor franquia para investir no seu caso, é preciso entrar em contato no site oficial manifestando interesse, e depois escolher o tipo de franquia que você deseja abrir: restaurante, quiosque, cafeteria ou sorveteria.

Modelos de franquia McDonald’s

Existem mais de uma forma de investir na franquia McDonald’s, e você precisa conhecer cada um deles para decidir se quer se tornar um franqueado ou não.

  • Restaurante: geralmente funciona de maneira independente na rua, e deve possuir drive-thru. Possui um investimento mais alto, já que precisa de um espaço grande e mais colaboradores. Também é possível abrir um restaurante em um terreno próprio do novo franqueado, o que diminuirá os custos.
  • Loja de shopping: também é um restaurante, mas geralmente fica nas praças de alimentação, e demanda um espaço menor para ser construída, além de um número menor de colaboradores. Assim, o investimento fica um pouco menor.
  • Cafeterias: o McCafé é uma ideia inovadora que foi implementada na Austrália em 1993, fazendo muito sucesso. É possível encontrar algumas unidades no Brasil, mas em menor quantidade que restaurantes. Ao todo, existem 77 unidades no país.
  • Sobremesas: você certamente já viu um quiosque ou anexo de restaurante de sobremesas da franquia McDonald’s (geralmente sorvetes e milk-shakes). Apesar de às vezes aparecerem independentes, elas sempre precisam estar vinculadas a um restaurante e ser do mesmo proprietário. Para isso, o franqueado precisa adicionar R$ 350 mil ao seu investimento.

Franquia McDonald’s valor

Franquia McDonald's

Talvez o assunto mais importante a ser discutido aqui é quanto custa se tornar um franqueado McDonald’s. E isso gira em torno dos milhões de reais, não há como fugir. Primeiramente, o investimento médio inicial da franquia é de R$ 2,8 milhões, valor que pode ser alterado de acordo com o que o franqueado deseja adicionar (uma franquia de sorvetes, por exemplo), ou se ele tem um terreno próprio. De maneira geral, esse investimento pode chegar aos R$ 4 milhões, e às vezes pode ser até mais que isso.

Para o pagamento mensal de taxas, são cobrados royalties e taxa de propaganda. Os royalties da franquia McDonald’s são de 5% e a taxa de publicidade é de 4,3% do faturamento mensal. Este, costuma girar em torno dos R$ 550 mil.

O retorno (tempo médio para que o investidor tenha seu dinheiro de volta) é estimado para se completar por volta dos 60 meses de operação, afinal, se trata de muito dinheiro. O lucro médio de uma unidade (e é claro que isso pode variar de acordo com a unidade e com o tipo de franquia) é de aproximadamente 30% do faturamento mensal. Considerando um faturamento de R$550 mil, esse lucro seria de R$ 165 mil.

Com base na porcentagem do lucro, é possível considerar que a margem de lucratividade é alta da franquia McDonald’s. Mas, é claro, se comparado ao investimento, ainda assim levará um tempo para se recuperar todo o dinheiro investido.

Você pode ver um resumo de tudo isso bem aqui abaixo:

  • Investimento médio: R$ 2,8 milhões
  • Retorno financeiro: aproximadamente 60 meses
  • Publicidade: 4,3% do faturamento
  • Royalties: 5% do faturamento
  • Faturamento médio mensal: R$ 550 mil
  • Lucro estimado: 30% do faturamento
Tipo de franqueado ideal da franquia McDonald’s

Como uma das maiores franquias do mundo, a franquia McDonald’s pode ser bem exigente para escolher seus franqueados. Assim, geralmente é comum que só empresários de muitos anos de experiência consigam entrar para a marca. Também, a necessidade de um investimento financeiro alto e robusto seleciona as pessoas que podem se candidatar. O franqueado ideal da franquia McDonald’s precisa ter:

  • Dedicação exclusiva à marca: não, você não poderá ser um franqueado McDonald’s e ter outros negócios paralelos, trabalhar em outros cargos, ou não se dedicar à franquia, deixando todo o acompanhamento na mão de funcionários. O McDonald’s precisa de pessoas que estejam dispostas a realmente se dedicar a aplicar tempo ao negócio.
  • Compatibilidade financeira: é caro ser franqueado McDonald’s, e isso vai te custar alguns milhões. Por isso, é preciso ter o dinheiro sem que investir faça falta, ou que o valor precise ser parcelado, porque esse tipo de condição não é feito pela marca. Além disso, é preciso deixar separado capital de giro para a início de atividades da unidade.
  • Residência na mesma cidade: como já dito antes, a franquia McDonald’s exige que você se dedique ao negócio, e então é preciso que o franqueado esteja por perto. Nada de administrar o negócio de longe ou deixar que outras pessoas façam isso!
  • Habilidades de gestão: é preciso ser experiente em administrar uma empresa, lidar com clientes e funcionários para abrir uma franquia McDonald’s, porque a demanda chega alta. São muitos pedidos e muita atividade todos os dias. Por isso, é exigido que haja experiência em gestão, e capacidade para lidar com uma operação tão grande.
  • Espírito de liderança: habilidade pedida pela maioria das franquia, a franquia McDonald’s pede que seus franqueados sejam capazes de gerenciar um grande negócio com maestria, e que sejam capazes de liderar seus funcionários e a unidade como um todo.
franquia McDonald's
Vantagens e Desvantagens da Franquia McDonald’s

O McDonald’s é um líder indiscutível no segmento de fast food, com um modelo de operação testado e aprovado mundialmente.

Além disso, os franqueados têm acesso a uma rede de suporte profissional, fornecedores de alta qualidade e treinamentos contínuos para a gestão do negócio.

Por essas razões, muitos empreendedores consideram a franquia da marca uma oportunidade segura, lucrativa e vantajosa de investimento.

No entanto, há alguns pontos que podem ser considerados desvantagens na franquia McDonald’s:

  • Elevado custo de investimento inicial;
  • Alta seletividade no processo de se tornar um franqueado;
  • Custos mensais com royalties e taxas de publicidade;
  • Autonomia limitada em certos aspectos da administração da loja.
Conclusão

A franquia McDonald’s é a primeira maior franquia do mundo em faturamento, e a segunda maior em número de unidades. Ela é conhecida por todos, está presente em mais de 20 países, e fatura bilhões de dólares todos os anos. São restaurantes, cafeterias, lojas de sobremesa e quiosques espalhados por mais de 3 mil unidades no Brasil. Tudo isso só revela o sucesso que a marca faz.

Por conta de toda essa relevância, é comum que empreendedores queiram saber como tornar sua marca tão grande quanto a franquia McDonald’s e queiram seguir seus passos. Por outro lado, também é muito comum que várias pessoas queiram se tornar franqueadas da marca. Portanto, é preciso conhecer a fundo todas as suas características, benefícios e dificuldades, para ponderar qual é a melhor opção para você.

O Grupo Goakira é especializado em franchising e varejo e oferece consultoria em franquias, formatação de franquias, geomarketing, design, arquitetura, serviços jurídicos, live commerce e outros serviços relacionados ao comércio. Entre em contato conosco para saber como podemos ajudá-lo a abrir sua franquia de forma segura e com sucesso. Gostou do nosso conteúdo? Não deixe de nos acompanhar nas redes sociais, para não perder os próximos posts!