BLOG
formas de pagamento

Formas de pagamento: como escolher a melhor opção para o seu negócio

Neste post completo sobre formas de pagamento, vamos explorar as diferentes opções disponíveis para consumidores e comerciantes. Desde o dinheiro em espécie até as carteiras digitais, discutiremos as vantagens, desvantagens e considerações importantes ao escolher o método de pagamento mais adequado para o seu negócio.

As formas de pagamento desempenham um papel essencial nas transações comerciais, afetando a conveniência, segurança e eficiência das operações financeiras. Com o avanço da tecnologia e a diversificação dos serviços financeiros, o cenário das formas de pagamento tem se expandido significativamente, oferecendo uma variedade de opções para consumidores e empresas.

Se você deseja escolher as formas de pagamento de forma certa e informada, a seguir vamos te apresentar opções online e off-line e insights valiosos para guiar a sua decisão.


Procurando oportunidades de empreendimento seguro? Fale com um dos especialistas da Goakira Invest!


O que são formas de pagamento?

Formas de pagamento são os métodos pelos quais os clientes podem realizar transações financeiras ao adquirir produtos ou serviços. Elas incluem desde os tradicionais pagamentos em dinheiro até opções digitais mais modernas. A diversidade nas formas de pagamento oferece conveniência e flexibilidade, tanto para o consumidor quanto para o comerciante.

Por que oferecer diversas formas de pagamento?

  1. Aumentar as vendas: Diversas formas de pagamento atraem mais clientes, pois cada um tem sua preferência e possibilidade de uso. Um cliente que prefere pagar com cartão de crédito pode desistir da compra se essa opção não estiver disponível.

  2. Melhorar a experiência do cliente: A conveniência de poder escolher a forma de pagamento facilita o processo de compra, resultando em uma experiência mais agradável e positiva para o cliente.

  3. Reduzir o abandono de carrinho: No e-commerce, um dos principais motivos para o abandono de carrinho é a limitação nas opções de pagamento. Oferecer múltiplas opções pode diminuir essa taxa e aumentar a conversão de vendas.

  4. Facilitar a gestão financeira: Diferentes formas de pagamento permitem ao estabelecimento gerenciar melhor seu fluxo de caixa, oferecendo opções que podem resultar em recebimento imediato ou em prazos mais estendidos, conforme a necessidade.

Formas de pagamento mais utilizadas no Brasil

No Brasil, a diversidade de formas de pagamento reflete a amplitude e a complexidade das preferências dos consumidores. Após a implementação do Pix, um sistema de pagamentos instantâneos criado pelo Banco Central, outras formas de pagamento também se destacam em termos de volume de transações e valores movimentados.

  1. Pix: É a forma de pagamento preferida dos brasileiros, conhecida por sua velocidade e praticidade, permitindo transações em tempo real.

  2. Cartão de crédito: Com 17,8 bilhões de transações em 2023, os cartões de crédito são amplamente usados devido à facilidade de parcelamento e ao programa de recompensas. Em termos de valor, essas transações somaram R$ 2,4 trilhões.

  3. Cartão de débito: Foram realizadas 16,3 bilhões de transações via cartões de débito, totalizando R$ 1 trilhão em movimentações financeiras. É uma opção preferida para compras cotidianas, oferecendo simplicidade e controle ao consumidor.

  4. Boleto bancário: Embora um pouco menos prático que os cartões, o boleto é ainda amplamente utilizado, especialmente em compras online e pagamentos de serviços. Com 4,2 bilhões de transações, esse método movimentou R$ 5,7 trilhões.

  5. TED (Transferência Eletrônica Disponível): Embora menos frequente em número de transações (892 milhões), a TED é uma forma de pagamento relevante para transações de valores altos e foi responsável por grandes volumes financeiros, sendo a segunda maior em termos de valores movimentados, após o Pix.

A oferta de múltiplas formas de pagamento é uma estratégia inteligente que pode trazer inúmeros benefícios para qualquer estabelecimento comercial. Ao adaptar-se às preferências e necessidades de seus clientes, um negócio não só melhora a satisfação do consumidor como também impulsiona suas vendas e consolida sua posição no mercado.

Conheça as 9 principais formas de pagamento do mercado

1. Dinheiro

O dinheiro em espécie, apesar do avanço das tecnologias financeiras, ainda é uma escolha prevalente para muitas pessoas ao redor do mundo. Sua aceitação universal e simplicidade de uso são dois dos principais motivos pelos quais as pessoas continuam a optar por essa forma de pagamento em suas transações diárias.

Uma das maiores vantagens do dinheiro em espécie é sua aceitação generalizada. De pequenos estabelecimentos locais a grandes empresas multinacionais, o dinheiro físico é amplamente aceito em todo lugar, tornando-o uma opção conveniente para compras de qualquer valor.

Pagar com dinheiro em espécie pode ajudar as pessoas a terem um melhor controle de seus gastos. Ao utilizar notas e moedas, é mais fácil visualizar quanto dinheiro está sendo gasto em cada transação, o que pode ser útil para manter um orçamento equilibrado.

Além disso, o uso de dinheiro em espécie oferece um nível de anonimato que pode ser atraente para algumas pessoas. Ao contrário de transações eletrônicas, que deixam um rastro digital, o dinheiro físico não está vinculado a uma identidade específica, proporcionando maior privacidade aos usuários.

No entanto, também existem desafios relacionados ao uso do dinheiro e um dos principais é a questão da segurança. Carregar grandes quantias de dinheiro pode tornar os indivíduos alvos de roubo ou furto, colocando em risco tanto sua segurança pessoal quanto seus recursos financeiros.

Pensando com a cabeça de empreendedor, ao contrário das transações eletrônicas, que deixam registros detalhados, as transações em dinheiro em espécie geralmente não são rastreáveis. Isso pode dificultar a investigação de atividades criminosas, como lavagem de dinheiro ou financiamento de terrorismo.

E embora o dinheiro em espécie seja amplamente aceito, seu uso pode ser inconveniente em certas situações. Por exemplo, ao realizar compras online ou em locais que não aceitam pagamentos em dinheiro, os consumidores podem enfrentar dificuldades em concluir suas transações.

2. Boleto Bancário

O boleto bancário ainda é uma das formas de pagamento amplamente utilizada no Brasil, especialmente para transações online e contas recorrentes. Uma das principais vantagens do boleto bancário é sua acessibilidade. Ao contrário de outras formas de pagamento que requerem uma conta bancária, qualquer pessoa pode gerar e pagar um boleto, mesmo que não tenha uma relação formal com uma instituição financeira. Isso torna o boleto uma opção inclusiva para uma ampla variedade de consumidores.

O boleto bancário também oferece flexibilidade de pagamento, permitindo que os consumidores escolham a data e o método de pagamento mais convenientes para eles. Isso é especialmente útil para pessoas que preferem agendar seus pagamentos de acordo com sua programação financeira.

Em geral, o boleto bancário é considerado um método seguro de pagamento. Os boletos gerados pelas instituições financeiras incluem informações detalhadas sobre o beneficiário e o valor a ser pago, tornando mais fácil para os consumidores verificarem a autenticidade da transação antes de efetuarem o pagamento.

Em relação as desvantagens, podemos citar o tempo de processamento da transação. Ao contrário de pagamentos eletrônicos, que são processados em tempo real, os pagamentos via boleto podem levar dias úteis para serem compensados, o que pode resultar em atrasos no recebimento do produto ou serviço.

Embora relativamente seguro, o sistema de boletos bancários também está sujeito a fraudes. Golpistas podem falsificar boletos ou manipular as informações neles contidas para desviar fundos de forma fraudulenta. Portanto, os consumidores devem sempre verificar cuidadosamente os detalhes do boleto antes de efetuarem o pagamento.

Para algumas pessoas, o processo de gerar e pagar um boleto pode ser considerado inconveniente, especialmente quando comparado a métodos de pagamento mais ágeis, como cartões de crédito ou transferências eletrônicas. Além disso, a necessidade de se deslocar até um banco ou correspondente bancário para efetuar o pagamento pode ser vista como uma barreira adicional.

3. Cartão de Crédito

O cartão de crédito é uma das formas de pagamento mais populares no mundo moderno, oferecendo aos consumidores conveniência e flexibilidade incomparáveis. De acordo com os dados da The Global Payments Report da Worldpay, o cartão de crédito lidera as transações financeira com 39%. Isso se deve principalmente a sua capacidade de facilitar tanto compras online quanto presenciais. Com apenas alguns cliques ou deslizes, os consumidores podem concluir transações sem a necessidade de dinheiro físico.

O cartão de crédito permite que os consumidores dividam o pagamento de grandes compras em parcelas menores ao longo do tempo, proporcionando uma flexibilidade financeira que pode ser especialmente útil em tempos de necessidade.

Além disso, muitos cartões de crédito oferecem programas de proteção ao consumidor que reembolsam compras fraudulentas ou não autorizadas, proporcionando uma camada adicional de segurança e tranquilidade aos usuários.

E você pode aproveitar esse movimento do mercado não só para incluir o cartão de crédito como forma de pagamento no seu negócio, como fazer dos meios de pagamento a sua forma de empreender. É isso mesmo, com uma franquia da Monedd. Sob esse modelo, o franqueado assume a responsabilidade pela prospecção, cadastramento e atendimento às empresas que utilizarão os meios de pagamentos oferecidos.

monedd; formas de pagamento

Benefícios para o Franqueado:

  1. Lucratividade: a franquia em gestão de pagamentos oferece uma oportunidade lucrativa, com potencial para altos retornos financeiros. Ao intermediar transações e serviços de pagamento, o franqueado pode gerar receitas significativas por meio de comissões e taxas;
  2. Baixo custo: uma das vantagens mais atraentes desse modelo de negócio é o baixo custo associado ao investimento inicial. Em comparação com outras franquias, os custos de entrada são relativamente baixos, tornando-o acessível para empreendedores com diferentes níveis de capital disponível;
  3. Facilidade de operação: com sistemas e plataformas tecnológicas avançadas, a operação da franquia em gestão de pagamentos é simplificada e eficiente. Os processos de prospecção, cadastramento e atendimento são facilitados por ferramentas digitais, proporcionando uma experiência fluida para o franqueado e seus clientes.

A concorrência no mercado pode ser acirrada, exigindo que o franqueado se destaque por meio de diferenciação e excelência no atendimento ao cliente. Mas com a franquia da Monedd isso não é problema, já que a marca está sempre investindo em tecnologia e inovação.

Com baixo custo, alta rentabilidade e facilidade de operação, essa modalidade de franquia oferece um caminho promissor para o sucesso no mercado de pagamentos. Ao aproveitar essa oportunidade, os franqueados podem construir um negócio próspero e sustentável no setor de serviços financeiros.

formas de pagamento

4. Cartão de Débito

O cartão de débito, uma alternativa ao crédito, oferece aos consumidores uma maneira conveniente e direta de pagar por suas compras, retirando fundos diretamente de suas contas bancárias. Ao contrário do cartão de crédito, onde as compras são acumuladas em uma fatura mensal, o valor da compra é deduzido automaticamente da conta bancária do titular no momento da transação. Isso proporciona um maior controle sobre os gastos e evita o acúmulo de dívidas.

Os cartões de débito são amplamente aceitos em estabelecimentos comerciais, lojas e franquias em todo o mundo, proporcionando uma forma conveniente de pagamento para os consumidores. Além disso, muitos cartões de débito também podem ser usados para saques em caixas eletrônicos, tornando-os uma opção versátil para acesso rápido aos fundos.

Como as transações com cartão de débito estão vinculadas diretamente às contas bancárias dos titulares, não há cobrança de juros sobre o saldo devedor. Isso significa que os consumidores podem evitar os custos associados ao financiamento de compras com cartão de crédito, contribuindo para uma gestão financeira mais responsável. Além disso, os cartões de débito geralmente estão equipados com medidas de segurança robustas, como chips embutidos e PINs pessoais, que ajudam a proteger contra o uso não autorizado. Ademais, como as transações são processadas eletronicamente, há menos risco de perda ou roubo de fundos em comparação com o dinheiro em espécie.

Mas cuidado, com o aumento das compras online, os cartões de débito também estão sujeitos a fraudes cibernéticas, como phishing e skimming. Os consumidores devem tomar precauções extras ao fazer compras pela internet, como verificar a segurança do site e evitar fornecer informações confidenciais por e-mail ou telefone.

5. Pix

O Pix emergiu como uma opção de pagamento instantâneo, ganhando popularidade devido à sua conveniência e baixo custo. Para você ter uma ideia, em junho de 2023, foram feitas 3,42 bilhões de transações com Pix, movimentando R$ 1,39 trilhão, segundo o Banco Central no e-commerce em 2022, isso significa que 24% das transações foram pagas via pix.

O que é o Pix?

O Pix é um sistema de pagamento instantâneo criado pelo Banco Central do Brasil que permite a transferência de fundos entre pessoas, empresas e governos em questão de segundos, a qualquer hora do dia, incluindo fins de semana e feriados. Lançado oficialmente em novembro de 2020, o Pix foi projetado para ser uma alternativa rápida, segura e acessível aos métodos de pagamento tradicionais, como TED e DOC.

Como o Pix funciona?

Para utilizar o Pix, os usuários precisam registrar suas chaves Pix, que podem ser números de telefone, CPF/CNPJ, endereços de e-mail ou chaves aleatórias. Essas chaves funcionam como identificadores únicos, facilitando o processo de transferência de fundos sem a necessidade de inserir informações bancárias completas a cada transação. Além disso, o Pix pode ser realizado por meio de aplicativos bancários, internet banking, QR codes ou até mesmo pelo uso de assistentes virtuais.

Impacto do Pix nas Transações Financeiras:

  1. Conveniência e velocidade: uma das principais vantagens do Pix é a sua velocidade de processamento, que permite que as transações sejam concluídas em poucos segundos, independentemente do horário ou dia da semana. Isso torna o Pix ideal para situações que exigem pagamentos imediatos, como compras online, transferências entre contas e pagamento de contas;
  2. Baixo custo: ao contrário de muitas formas de pagamento tradicionais, o Pix geralmente não cobra taxas para os usuários finais, tornando-o uma opção econômica para transferências de dinheiro. Isso é especialmente benéfico para pequenas empresas e empreendedores, que podem economizar significativamente em taxas de transação ao utilizar o Pix como método de pagamento;
  3. Inovação tecnológica: o Pix representa um avanço significativo na infraestrutura de pagamentos do Brasil, impulsionando a inovação e a competição no setor financeiro. Com a introdução do Pix, os bancos e instituições financeiras estão sendo incentivados a desenvolver soluções mais eficientes e acessíveis para atender às demandas dos consumidores por serviços financeiros digitais.

Implicações para consumidores e empresas:

  1. Facilidade de uso: o Pix oferece uma experiência de pagamento simplificada e intuitiva para consumidores e empresas, eliminando a necessidade de lidar com números de conta complexos ou esperar dias para que as transferências sejam processadas.
  2. Competição no mercado: com a popularização do Pix, os consumidores têm mais opções e flexibilidade na escolha de serviços financeiros, enquanto as empresas enfrentam uma concorrência crescente para oferecer soluções de pagamento inovadoras e eficientes.
  3. Segurança proteção: embora o Pix seja amplamente considerado seguro, é importante que os usuários adotem medidas de segurança, como proteger suas chaves Pix e verificar regularmente suas transações para detectar atividades suspeitas.

O Pix está revolucionando as transações financeiras no Brasil, oferecendo uma alternativa rápida, segura e econômica aos métodos de pagamento tradicionais. Com sua conveniência e baixo custo, o Pix está se tornando uma parte essencial do ecossistema financeiro do país, beneficiando consumidores, empresas e a economia como um todo.


formas de pagamento

6. Pagamento por aproximação

Mais da metade dos consumidores (54%) costumam realizar pagamentos por aproximação usando cartão, celular, relógio ou outro dispositivo, segundo pesquisa Datafolha/Abecs. Três em cada 5 desses consumidores usam pagamentos
por aproximação com frequência. Outro dado interessante é que o uso de pagamentos por aproximação cresceu 85,4%
movimentando R$ 191,3 bilhões no primeiro trimestre de 2023, o que mostra a força dessa nova forma de pagamento.

Ao simplesmente aproximarem seus dispositivos de pagamento, como smartphones ou cartões, de um terminal habilitado, os consumidores podem efetuar pagamentos de forma rápida e conveniente. Os consumidores não precisam mais inserir senhas, assinar recibos ou esperar pela confirmação da transação. Basta aproximar o dispositivo do terminal e o pagamento é processado em questão de segundos. Isso torna o processo de compra muito mais ágil e eficiente, especialmente em locais com grande fluxo de pessoas, como supermercados, estações de transporte público e eventos.

Com o pagamento por aproximação, não há necessidade de esperar pela autorização da transação ou pela impressão do comprovante. A comunicação entre o dispositivo do consumidor e o terminal de pagamento é realizada instantaneamente, resultando em transações mais rápidas e eficientes. Isso não apenas economiza tempo para os consumidores, mas também melhora a experiência geral de compra.

formas de pagamento

Apesar de sua conveniência, o pagamento por aproximação é seguro. Os dispositivos de pagamento por aproximação usam tecnologia de criptografia avançada para proteger as informações financeiras dos usuários, tornando-as praticamente impossíveis de serem interceptadas por hackers ou fraudadores. Além disso, muitos sistemas de pagamento por aproximação têm limites de transação e exigem a autenticação do usuário para transações de valor mais alto, garantindo uma camada adicional de segurança.

Em tempos de preocupações com a higiene e distanciamento social, o pagamento por aproximação também oferece a vantagem de reduzir o contato físico entre os consumidores e os terminais de pagamento. Como não é necessário inserir o cartão em uma máquina ou digitar uma senha, o risco de contaminação cruzada é significativamente reduzido, tornando o pagamento por aproximação uma opção mais higiênica e segura em comparação com métodos de pagamento tradicionais.

7. Transferência Bancária

As transferências bancárias são uma forma direta e conveniente de enviar dinheiro de uma conta para outra. Em janeiro de 2024, o Documento de Crédito (DOC) deixou de existir, mas a Transferência Eletrônica Disponível (TED) continua disponível.

A TED é uma modalidade de transferência eletrônica de fundos entre contas bancárias, comumente utilizada para valores mais altos. Algumas características da TED incluem:

  • Sem limite de valor: a TED não possui um limite máximo de valor por transação, o que a torna ideal para transferências de grandes quantias;
  • Horários estendidos: as transferências por TED podem ser realizadas durante o horário de funcionamento dos bancos, geralmente das 6h30 às 17h, em dias úteis;
  • Compensação imediata: uma das principais vantagens da TED é que as transações são compensadas no mesmo dia em que são realizadas, desde que dentro do horário bancário.

É importante levar em consideração que a TED pode estar sujeita a taxas de serviço por parte das instituições financeiras envolvidas. Essas taxas podem variar dependendo do tipo de conta e do relacionamento do cliente com o banco.

8. Carteira Digital

Assim como o PIX e o pagamento por aproximação, as carteiras digitais, também conhecidas como e-wallets, estão se tornando cada vez mais populares como uma forma conveniente e segura de realizar transações financeiras tanto online quanto offline.

Uma das principais vantagens das carteiras digitais é a capacidade de armazenar de forma segura as informações de pagamento do usuário, como detalhes do cartão de crédito, débito ou conta bancária. Elas costumam oferecer uma interface intuitiva e amigável, facilitando o processo de realizar pagamentos e transferências de fundos com apenas alguns cliques ou toques na tela do dispositivo móvel.

Com uma carteira digital, os usuários podem realizar uma variedade de transações, desde compras em lojas online até pagamentos em estabelecimentos físicos que aceitam pagamentos por meio de tecnologia NFC (Near Field Communication). Além disso, permitem aos usuários acompanhar facilmente seus gastos e transações, fornecendo históricos detalhados de todas as atividades financeiras realizadas por meio da plataforma.

Algumas carteiras digitais oferecem programas de fidelidade e descontos exclusivos para usuários, incentivando o uso contínuo da plataforma e proporcionando benefícios adicionais aos consumidores.

9. Carnês

Embora menos populares do que no passado, os carnês ainda desempenham um papel significativo no mundo das transações financeiras, especialmente quando se trata de parcelamento de compras e pagamentos recorrentes em negócios e franquias para cidades pequenas.



Pode parecer distante da realidade das grandes capitais, mas muitas pessoas ainda utilizam carnês para pagar contas recorrentes, como mensalidades escolares, planos de saúde, seguros e financiamentos. Essa modalidade permite que os pagamentos sejam programados e realizados de forma automática, garantindo que as obrigações financeiras sejam cumpridas de maneira regular.

Para consumidores que têm dificuldade em obter crédito por meio de cartões de crédito ou empréstimos bancários, os carnês podem representar uma alternativa viável para adquirir bens ou serviços de forma parcelada, mesmo sem histórico de crédito ou com restrições financeiras.

O uso de cartões de crédito e outros métodos de pagamento eletrônico estão se tornando mais comuns, mas os carnês ainda são amplamente aceitos em diversos estabelecimentos comerciais, especialmente em segmentos como varejo, móveis e eletrodomésticos.

Como escolher as melhores formas de pagamento

Escolher o método de pagamento mais adequado para o seu negócio requer uma análise criteriosa de diversos fatores-chave:

Segurança: a segurança é uma preocupação primordial ao escolher um meio de pagamento. Verifique se o método escolhido oferece medidas robustas de proteção de dados e transações financeiras. Procure por sistemas de criptografia, autenticação multifatorial e protocolos de segurança atualizados para garantir a segurança das suas transações.

Taxas: as taxas associadas ao uso de determinados métodos de pagamento podem variar significativamente. Considere as taxas de transação, taxas de processamento e quaisquer outros encargos adicionais que possam ser aplicados. Compare as taxas oferecidas por diferentes provedores de serviços de pagamento e avalie se elas são compatíveis com o perfil dos seus clientes e com as suas necessidades financeiras.

Velocidade de transação: a velocidade com que as transações são processadas pode ser um fator crucial, especialmente em situações que exigem pagamentos rápidos ou em tempo real. Avalie a rapidez com que os fundos são transferidos e se o método de pagamento escolhido atende às suas expectativas de velocidade e eficiência.

Disponibilidade: Nem todos os métodos de pagamento estão disponíveis em todos os lugares. Verifique se o método escolhido é amplamente aceito nas suas unidades franqueadas. Considere também a disponibilidade do método de pagamento em plataformas online e aplicativos de comércio eletrônico que você costuma utilizar.

Antes de tomar uma decisão, dedique tempo para pesquisar e comparar diferentes opções de pagamento. Analise as vantagens e desvantagens de cada método, levando em consideração seus requisitos individuais e preferências pessoais dos seus clientes.

Familiarize-se com os termos e condições associados a cada método de pagamento. Preste atenção especial às políticas de segurança, taxas aplicáveis, políticas de reembolso e quaisquer outras informações relevantes que possam afetar a experiência do usuário.

Experimente diferentes formas de pagamento para determinar qual funciona melhor no seu negócio. Faça pequenas transações de teste e avalie a facilidade de uso, segurança e eficiência de cada método antes de usá-lo para transações mais significativas.

Por fim, esteja disposto a ajustar sua estratégia de pagamento conforme suas necessidades e circunstâncias mudam. Novas tecnologias e serviços financeiros estão constantemente sendo introduzidos no mercado, então esteja aberto a explorar novas opções que possam surgir.

Ao entender as diferentes opções disponíveis e suas respectivas vantagens e desvantagens, os consumidores e comerciantes podem tomar decisões financeiras mais inteligentes e eficazes. Esperamos que este conteúdo tenha sido útil para ajudá-lo a navegar pelo complexo cenário das formas de pagamento e a escolher as melhores opções para suas necessidades.

Continue nos acompanhando nas redes sociais: Instagram e LinkedIn.